ERCuSi-A

Vareta e arame ERCuSi-A, de liga à base de cobre, contendo aproximadamente 3% de silício e pequenas porcentagens de manganês, estanho ou zinco. Indicados para a soldagem ou brasagem de aços e ligas de cobre, produzindo cordões com excelentes propriedades mecânicas.

REF: BSi Categorias: ,

Vareta Tig e arame Mig ERCuSi-A, que depositam uma liga de cobre contendo aproximadamente 3% de silício e quantidades residuais de manganês, estanho e zinco. Indicados principalmente para soldar metais de base com composição química semelhante. Também para  latão, aços comuns e galvanizados, primordialmente  em espessuras finas. Além disso, para fazer uniões dissimilares entre o cobre e  aços.

Como resultado do alto nível de silício e a desoxidação resultante na poça de fusão, o cobre eletrolítico pode ser adequadamente soldado com a vareta Tig e arame Mig  ERCuSi-A.  Os cordões de solda  têm propriedades mecânicas superiores as soldas feitas com o consumível ERCu.

Este produto é frequentemente utilizado para efetuar revestimentos protetores em áreas sujeitas à corrosão. Possui boa soldabilidade, apresentando depósitos com excelente aparência.

A princípio, o bronze silício não precisa de tratamentos térmicos de preaquecimento. O latão e outros metais base cobre podem exigir algum preaquecimento, de acordo com o teor de cobre da liga e as espessuras das peças. Por outro lado, o consumível também pode ser aplicado empregando o processo oxiacetileno, com chama ligeiramente oxidante e um fluxo a base de de ácido bórico.

Recomendações para a soldagem de ligas de cobre silício com a vareta Tig e arame Mig ERCuSi-A

Na soldagem Tig com proteção de gás argônio puro e corrente alternada, se facilita a remoção dos óxidos refratários no metal fundido, porém alterando a estabilidade do arco. A condição de solda mais correta é com corrente contínua e polo negativo, principalmente com  o gás de proteção hélio. Estas circunstâncias são as mais adequadas para soldar materiais acima de 12 mm de espessura, porém para seções ainda mais espessas se prefere o processo Mig, em virtude de maiores taxas de deposição.

Norma: AWS A5.7 ER CuSi-A

Composição Química (%)

Zn= 1,0
Sn= 1,0
Mn= 1,5
Fe= 0,50
Si= 2,80-4,0
Al= 0,01
Pb= 0,02
Cu= resto

Resistência à tração: 330-370 N/mm2

Dureza: 80-100 HB

Aplicações: peças de aços, chapas galvanizadas, revestimentos em áreas sujeitas a corrosão, uniões dissimilares com aços, ferros fundidos, cobre, latão e bronzes, etc..